Seu site WordPress foi desindexado no Google? Saiba o porquê

Se o seu site foi desindexado no Google, ou seja, se sumiu dos resultados da pesquisa, saiba o que pode ter acontecido.

  • 12 min de leitura
Foto de Lucas Tavares
site desindexado no google

Se você percebeu que está com o site desindexado no Google, sabemos o quanto essa notícia pode ser assustadora. Ainda mais levando em consideração de que a maioria esmagadora do seu tráfego vem dos mecanismos de busca.

Nesse artigo, mostraremos possíveis motivos fizeram seu site ser desindexado e as soluções que deve tomar imediatamente

Porém, antes de entrarmos no conteúdo precisamos pedir para ler devagar cada item, uma vez que essa desindexação pode ter sido causado por um erro simples, sendo fácil de resolver. E, se for causada por um erro complexo, mostraremos também os passos a serem seguidos.

O que é ter um site indexado no Google?

Ter um site indexado no Google é basicamente garantir que ele apareça nos resultados de pesquisa do Google ao digitarem as palavras-chave correspondentes. 

Quando você cria um site, ele não aparece de forma automática no Google. Para que isso aconteça, o Google precisa primeiro "encontrar" o seu site, algo feito pela indexação. 

De forma geral, o Google usa "robôs", conhecidos também pelo termo crawlers, para vasculhar a internet e encontrar novas páginas. Quando eles encontram seu site, analisam o conteúdo e guardam essas informações em um grande banco de dados, o índice do Google. Uma vez que seu site está neste índice, ele tem a chance de aparecer nos resultados de pesquisa quando alguém procura por algo relacionado ao conteúdo publicado nas suas páginas.

No entanto, estar indexado não significa automaticamente que seu site aparecerá no topo dos resultados de pesquisa. Muitas pessoas confundem isso. O processo de estar em primeiro lugar nas pesquisas depende de inúmeros fatores, como a qualidade do conteúdo, a relevância para as buscas realizadas e a otimização do site para os mecanismos de busca (SEO).

Por que o Google remove um site de seu índice?

O Google pode remover um site do seu índice por várias razões. Falaremos sobre elas a seguir:

Conteúdo de baixa qualidade

Embora esse termo possa ser muito abrangente, do ponto de vista do buscador, conteúdo de baixa qualidade é aquele com pouco ou nenhum valor real, algo que nenhum visitante se interesse de verdade em ler. Dentre os principais exemplos estão:

  • Artigos muito pequenos. 
  • Imagens isoladas sem contexto. 
  • Páginas com códigos de erro. 

Ainda assim, o Google entende que sites estão em níveis diferentes e ele não impediria o seu de ser mostrado, mesmo sendo um usuário iniciante.

Black Hat SEO

image

Black hat é o nome dado às práticas antiéticas em SEO, que buscam melhorar o ranqueamento de um site nos motores de busca de forma desonesta.

Essas técnicas incluem o uso de palavras-chave excessivas e de forma não natural, esconder texto para manipular motores de busca, e criar páginas falsas cheias de links não relevantes. 

O buscador, ao verificar que essas ações estão sendo cometidas, pode desindexar o site como penalidade. Dessa forma, ele não aparecerá mais nos resultados de busca. Nesse caso, a desindexação serve como medida para manter a qualidade e a relevância dos resultados de busca, protegendo os usuários de conteúdos enganosos ou de baixa qualidade.

Antigamente, as práticas de black hat eram mais frequentes, hoje ainda existem, mas pela evolução do algoritmo, ficou bem mais difícil ter resultados minimamente significativos com isso. 

Um link de baixa qualidade é um link que vem de sites pouco confiáveis ou irrelevantes. Esses links são vistos como tentativas de manipular o ranking de um site nos resultados de pesquisa, já que pode indicar que alguém mal-intencionado planejou reunir uma série de sites “fracos” para gerarem links entre si (sendo essa uma prática vinculada ao SPAM).

Isso leva o Google a desconfiar do site. Como resultado, ele pode ser removido do índice de pesquisa. 

Vírus

Talvez a razão mais frequente para um site ser desindexado, a existência de vírus. Afinal de contas, se suas páginas estiverem infectadas com malware, Isso pode colocar os usuários em risco, algo que o Google abomina. Sendo assim, ele desindexar o site para proteger os visitantes.

Violação das diretrizes do Google

Para evitar a desindexação do seu site pelo Google, é fundamental seguir suas diretrizes de conteúdo. Quais são elas? 

Primeiramente, o conteúdo deve ser original e útil para os usuários. Isso significa evitar cópias (principalmente de inteligência artificial) ou conteúdos de baixo valor. 

É importante também não utilizar técnicas de "cloaking", que é mostrar conteúdo diferente para os motores de busca e para os usuários. Outro ponto é fugir do excesso de palavras-chave, prática conhecida como "keyword stuffing".

O Google também desencoraja links ocultos ou enganosos, pois podem ser interpretados como tentativas de manipulação.

Erros frequentes, tempo de carregamento lento e problemas de navegação podem impactar negativamente a experiência do usuário e, consequentemente, a visão do Google sobre o site. Respeitar estas diretrizes ajuda a manter seu site visível e relevante nas buscas.

E, claro, caso você sem querer quebre uma dessas regras, não significa que automaticamente sue site será removido do índice do Google. Muitas vezes você só perderá alcance nas buscas mesmo, fazendo com que menos pessoas cheguem ao seu site.

Como você pode verificar se está com o site desindexado do Google?

Para verificar se seu site foi desindexado pelo Google, você pode usar algumas estratégias já conhecidas, como:

Busca padrão no Google

Tente buscar o endereço completo do seu site no Google ou digitar uma palavra-chave que você sabia ser capaz de mostrar seu site para o usuário. Se ele não aparecer nos resultados, pode ser um sinal de desindexação.

Pesquisa por “site:” 

Outra forma é usar o comando "site:" seguido do seu domínio na busca do Google. Isso mostrará todas as páginas do seu site indexadas. Por exemplo, ao pesquisar no Google por “site:wptotal.com.br”, temos o seguinte resultado:

verificação de indexação. Importante para quem acha estar com o site desindexado no Google

Você pode ver que muitas das nossas páginas são mostradas. No entanto, se ao fazer isso com seu site e nenhum resultado aparecer, é provável que seu site tenha sido desindexado. 

Google Search Console

O Search Console (antigo “Ferramentas para Webmasters”) é uma ferramenta gratuita oferecida pelo próprio Google. Ela ajuda os donos de sites a monitorar e manter a presença deles nos resultados de busca. Ao usar o Search Console, você pode entender bem melhor como o Google vê seu site e otimizar o desempenho dele nas buscas.

Para saber se seu site foi desindexado, o Search Console pode ajudar bastante. Após adicionar e verificar seu site na ferramenta, você terá acesso a relatórios detalhados. Esses relatórios informam quando existirem erros de rastreamento, problemas de segurança e ações manuais, que são penalidades aplicadas pelo Google. Esses fatores, como já conversamos em tópicos acima, podem levar à desindexação de páginas ou do site inteiro.

Além do mais, na seção "Cobertura", é possível ver em detalhes quais páginas estão indexadas e quais têm problemas. Se muitas páginas importantes não estiverem indexadas, a depender do motivo, isso pode indicar um problema mais amplo.

Falando no Google Search Console, ele será extremamente necessário para reverter a desindexação, se ainda for possível, claro.

O que fazer se estiver com um site desindexado no Google? 

image

Se seu site foi desindexado pelo Google, é importante agir o mais rápido possível para resolver o problema. Primeiro, use o Google Search Console para entender a causa. O Search Console pode indicar problemas específicos, como erros de rastreamento, conteúdo duplicado ou problemas de segurança.

Após identificar a causa, faça as correções necessárias. Se o problema for conteúdo duplicado, por exemplo, revise e modifique o conteúdo para torná-lo único. Nos casos que houver penalidades manuais por práticas ruins de SEO, você deve corrigir as infrações e depois enviar uma solicitação de reconsideração ao Google pelo Search Console.

E sempre (sempre mesmo) garanta que seu site esteja segundo as diretrizes do Google para proprietários de sites. Isso inclui ter um site responsivo e muito rápido de carregar. Se a desindexação aconteceu por um erro técnico, como um arquivo robots.txt mal configurado (é mais comum do que você imagina), corrija o arquivo para permitir que o Google rastreie seu site novamente.

Após as correções, monitore o status do seu site no Search Console e verifique se as mudanças foram efetivas. A reindexação pode levar algum tempo, e não há como sabermos exatamente quando, então seja paciente e continue otimizando seu site.

O que fizer se seu site desindexado no Google não voltar a aparecer nas buscas?

Se seu site foi desindexado do Google e parece irreversível, ainda há várias estratégias que você pode adotar para tentar recuperar sua presença online.

Crie um novo site

Criar um novo site é desanimador, principalmente quando o seu foi punido pelo Google. Porém, recomeçar pode ser algo positivo também, basta ajustar a estratégia e seguir as diretrizes do Google, escrevendo e publicando conteúdo original e de qualidade.

Melhore o SEO

Se o seu site não parece voltar para os resultados do Google, uma boa maneira de ter certeza disso é passar 3 meses publicando conteúdo de alta qualidade. Se após esse período suas páginas não receberem novas visitas, basta migrar o conteúdo recém-criado para outro site. Assim, você não perdeu o trabalho que teve, e ainda fez o possível para “ressuscitar” o site desindexado no Google.

Use mídias sociais

As redes sociais, e ao falar isso estamos levando em consideração também o YouTube, podem ser uma fonte impressionante de tráfego orgânico também. Pode ser, inclusive, uma forma de sair um pouco do universo dos sites e se aventurar por outras formas de criação de conteúdo.

Posso ficar com site desindexado no Google em uma migração de empresa de hospedagem?

Por incrível que pareça, pode sim. A mudança de hospedagem de um site pode levar à sua temporária nos resultados de busca do Google. Mas fique tranquilo, essa desindexação é temporária. 

Ao mudar a hospedagem, podem acontecer alterações em aspectos técnicos do site. Por exemplo, o tempo de carregamento das páginas pode variar, e o novo servidor pode ter configurações diferentes que afetam o SEO. 

E, se o site ficar fora do ar durante a transição, o Google pode temporariamente removê-lo de seu índice. Isso é feito para garantir que os usuários não vão se deparar com uma mensagem de erro ao navegar pelos resultados das buscas. 

Contudo, essa desindexação geralmente é muito breve. Após o Google rastrear novamente o site em sua nova hospedagem e verificar que está tudo em ordem, ele pode ser reincluído no índice. 

Por que falamos sobre esse tópico em específico? Porque muitos donos de site sofrem com a lentidão em seus servidores e têm medo de mudar para um melhor devido a indexação do Google. Mas mudar para um mais potente pode ser justamente o que seu site precisa para alcançar mais visitantes orgânicos.

A melhor hospedagem de sites é atualmente a Hostinger. Ela custa a partir de R$13 por mês (muito barato) e garante velocidade extrema para seus clientes

Resumo

Nesse conteúdo completo, abordamos um problema preocupante para proprietários de sites: a desindexação no Google. Inicialmente, explicamos o que significa ter um site indexado: basicamente, é quando ele aparece nos resultados de busca do Google. Esse processo ocorre quando os crawlers do Google encontram e analisam seu site, armazenando as informações no índice do buscador. No entanto, estar indexado não garante um ranking alto nos resultados de pesquisa.

Discutimos também várias razões pelas quais um site pode ser removido do índice do Google, incluindo: conteúdo de baixa qualidade, práticas de Black Hat SEO, links de baixa qualidade, presença de vírus e violação das diretrizes do Google. Para verificar se seu site foi desindexado, sugerimos a busca padrão no Google, o comando "site:" e o uso do Google Search Console.

Sem falar que alertamos para que, ao se deparar com a desindexação do seu site, é crucial agir rapidamente. Como? Usando o Google Search Console para identificar o problema e o corrigindo. Isso pode incluir revisar conteúdo, corrigir erros técnicos ou responder a penalidades manuais. 

Além disso, mantenha seu site em conformidade com as diretrizes do Google e considere melhorar o SEO e o uso de redes sociais como estratégias alternativas. Em casos extremos, criar um novo site pode ser a melhor opção.

Também mencionamos que a mudança de hospedagem pode resultar em desindexação temporária. Neste contexto, recomendamos a Hostinger como uma opção acessível e eficiente para hospedagem de sites.

Agora, queremos saber de você: seu site WordPress foi desindexado do Google? Compartilhe sua experiência com a gente nos comentários! 

Obrigado por ler até aqui. Um forte abraço!

-

-

-

-

*Consulte condições no site

Hopedagem com até

-70

+ 3 Meses Grátis