Frameworks PHP | Conheça os 8 melhores para desenvolvedores web

8 frameworks php

O desenvolvimento web é um trabalho que exige ferramentas específicas como plugins e frameworks php. A criação de sites, aplicativos e demais aplicações depende do conhecimento dessas ferramentas, incluindo as linguagens de programação.

O PHP é uma delas, pois permite a criação de sites dinâmicos e até mesmo no desenvolvimento de plugins para WordPress. Além disso, com o objetivo de facilitar o trabalho do desenvolvedor, a linguagem PHP apresenta alguns frameworks.

Para você saber mais sobre o que são os frameworks e quais são os melhores, confira as informações que preparamos nesse artigo.

Frameworks – O que são e para que servem?

Na hora de desenvolver um site há a necessidade de recriar determinadas funções. Para evitar esse desgaste existem os frameworks que facilitam o trabalho disponibilizando uma base em que o programador pode criar e desenvolver um projeto nela.

Em outras palavras, os frameworks são bibliotecas de arquivos onde são guardadas várias funções.

Para compreender melhor pense na seguinte comparação: você vai construir uma casa. Para colocar esse seu projeto em prática será necessário contar com alguns equipamentos e materiais que sem eles você será incapaz de erguer até mesmo uma parede.

Tais materiais, nesse caso, compreendem tijolos, cimento, areia, entre outros materiais. Sendo assim, no caso do desenvolvimento de sites, os frameworks representam esses utensílios que estão à sua disposição.

De uma forma geral, os frameworks são templates que oferecem aos desenvolvedores uma série de funções que podem ser usadas. Graças a ele o desenvolvedor não precisa perder tempo para reproduzir a mesma função em distintos projetos.

Para complementar, os frameworks auxiliam no gerenciamento do trabalho trazendo ferramentas, guias, sistemas e componentes que otimizam a realização dos projetos, auxiliando os programadores em suas tarefas.

Os benefícios do uso de frameworks PHP

Tanto desenvolvedores experientes quanto os inexperientes podem obter êxito em seus trabalhos ao utilizar um framework PHP. Esse tipo de ferramenta pode conferir mais segurança e estabilidade para o trabalho.

Quando o trabalho envolve projetos que tem um prazo muito curto é uma boa ideia ter um framework PHP ao seu lado, pois ele vai agilizar todo o processo.

Outra boa razão para a utilização do framework PHP é o bom desempenho que ele proporciona, bem como uma vasta comunidade de suporte que normalmente a maioria deles oferece.

Conheça os melhores frameworks PHP

Os frameworks não são todos iguais. Eles possuem características próprias e que devem ser levadas em consideração na hora de escolher o framework mais adequado para o seu trabalho.

Por isso, confira aqui algumas dicas dos melhores frameworks PHP, trazendo as características funcionalidades de cada um:

1 – Symfony

É um dos frameworks mais conhecidos. Ele apresenta um pacote e sistema de componentes que possibilitam ao desenvolvedor optar pelas corretas funções PHP que ele precisa, ou, caso considerar necessário, é possível utilizar o framework completo.

Ou seja, a flexibilidade é uma das suas qualidades. Além do mais, o Symfony permite que o desenvolvedor, antes de usar, realize um teste.

Ele também proporciona um manual de aprendizado. Tal recurso é importante caso o usuário tenha alguma dúvida a respeito de algum dos seus procedimentos.

2 – Phalcon

Esse framework possui o código fonte escrito em linguagem C. Além de apresentar um bom desempenho é possível afirmar que se trata de um framework leve.

Todavia, um dos principais diferenciais dele está no fato de apresentar pouquíssimos arquivos a serem instalados. Sendo assim, o desenvolvedor apenas instala os módulos caso necessite deles. Isso fornece para o trabalho um modo mais fácil de gerenciar.

3 – Zend

Se o seu objetivo é utilizar um framework PHP voltado para a orientação a objetos com arquitetura VMC, então o Zend é o nome certo para você.

Trata-se de um framework que possibilita ao desenvolvedor efetuar o carregamento apenas de elementos que ele escolher.

Devido a essa característica, aliada ao fato de que ele trabalha com orientação ao objeto do framework, é possível que o usuário utilize novamente vários códigos que já escreveu. Isso é um grande facilitador de trabalho.

Além disso, ele permite fácil integração com plataformas e bibliotecas externas com o objetivo de ampliar ainda mais suas funções.

No entanto, apesar das qualidades, é pertinente citar que ele não é um framework PHP dos mais intuitivos. Por essa razão, quem pode se dar muito bem com ele são programadores que já possuem um pouco mais de experiência.

4 – Codelgniter

Ainda no assunto de frameworks PHP que utilizam a arquitetura MVC (Model View Controller), ele é bastante intuitivo e ainda traz um manual para facilitar a vida do programador.

Ele é um framework leve, proporciona um bom desempenho e ainda possibilita o desenvolvimento de aplicativos escaláveis. O ponto fraco reside no fato de que ele não possui uma regularidade nas atualizações.

5 – CakePHP

Ele é um framework php pioneiro. Foi o primeiro framework MVC a chegar aos usuários. Além disso, o CakePHP disponibiliza uma biblioteca com vários recursos capazes de fazer a alegria de qualquer desenvolvedor.

Contudo, essa biblioteca inclui uma série de componentes, o que é uma ótima alternativa para quem tem o objetivo de implementar os recursos que necessitar.

6 – FuelPHP

Esse é um framework PHP que chegou ao mercado em 2014. É interessante salientar que ele suporta versões recentes do PHP, bem como ainda traz uma ampla documentação para tornar o trabalho mais ágil ainda.

Em termos práticos, o FuelPHP também se destaca por ser bastante seguro, oferecer suporte total a HMVC e ainda traz utilidade única de linha de comando.

7 – Yii

Ele chama a atenção por apresentar fácil configuração ao mesmo tempo em que proporciona um excelente desempenho. A segurança avançada também consiste em um dos pontos fortes dele.

Além disso, ele usa a instalação para atender as necessidades do usuário. No entanto, apesar dos prós, ele também traz uns contras.

O Yii é um framework PHP pouco intuitivo, pois por conta disso, programadores com pouca experiência encontrarão certa dificuldade em aprender algumas das suas funcionalidades.

8 – Laravel

Esse é um dos frameworks PHP mais conhecidos e utilizados. Uma das razões é a sua sintaxe fácil de ser compreendida.

Com o Laravel, você começa a trabalhar nos seus projetos rapidamente. Você também consegue economizar muito tempo e trabalho com acesso às funções como autenticação de usuário, gerenciamento de seção, e cache.

Ao utilizar o Laravel, o usuário pode contar com todas as ferramentas necessárias para criar uma aplicação PHP robusta e eficiente.

O Laravel apresenta uma excelente performance. Além disso, o desenvolvedor tem condições de estender as funcionalidades do framework por meio de extensões.

Entretanto, esse framework PHP também possibilita uma boa integração com serviços de terceiros, como, por exemplo, o Amazon Web Services (AWS). Graças a esse recurso, é possível promover o desenvolvimento de aplicações escaláveis.

No caso de trabalhos que demandam um longo período de tempo, o usuário pode optar por programar a realização delas. Isso só traz mais benefícios para a performance desse framework.

Além do mais, não dá para esquecer que o Laravel conta com uma comunidade ativa. Desse modo, caso você tenha alguma dúvida a respeito de alguma funcionalidade, provavelmente não ficará desamparado.

Devido a todas essas características, o Laravel faz sucessos entre desenvolvedores com pouca experiência e também entre profissionais com mais conhecimento.

O desenvolvimento em projetos web exige ferramentas adequadas

Por fim, os frameworks PHP possibilitam o desenvolvimento rápido de aplicações, trazendo mais economia de tempo, ajudando ainda a criação de aplicações mais robustas e seguras, reduzindo a quantidade de código repetido.

Por essa razão, na hora de realizar algum projeto web, escolha qual dessas 8 opções citadas é a mais adequadas para as suas necessidades.

*Condições no site