Conheça 6 ferramentas gratuitas para monitorar o Uptime do site

conheça 6 ferramentas gratuitas para monitorar o uptime do site 02

Quando você tem um projeto online, seja ele um site ou blog, deve estar atento para a User Experience, também conhecida como a Experiência do Usuário. Os algoritmos do Google levam em consideração quem proporciona bom Uptime uma experiência agradável de navegação.

Isso tudo é importante para o SEO, pois facilita que o seu site seja encontrado com mais facilidade nas páginas de resultado. E é falando em técnicas de SEO e Experiência do Usuário que o Uptime ganha cada vez mais relevância na era digital.

O que é Uptime?

Imagine que você tem uma loja virtual, no entanto, frequentemente o seu site fica fora do ar. Isso é prejudicial, é como se uma loja física fechasse as portas na cara do consumidor.

Caso os problemas persistam, os danos causados na reputação do seu e-commerce serão irreversíveis. Site fora do ar significa atendimento ruim, que a sua empresa oferece uma péssima Experiência de Usuário. Significa também que a sua hospedagem de site oferece um Uptime baixo.

Sendo assim, o Uptime consiste no tempo em que um servidor se mantém disponível. Por essa razão que, na hora de escolher uma hospedagem de site, é necessário ver, entre vários requisitos, quanto é o Uptime oferecido pela empresa.

Entretanto, o Uptime é mensurado pelo período de um ano. As empresas que disponibilizam um bom serviço de web hosting asseguram, em média, 99,9% de tempo disponível.

Como medir o Uptime

Por ser um recurso tão importante, é pertinente poder contar com possibilidades de você mesmo mensurar o Uptime. Hoje em dia existem algumas ferramentas que permitem esse tipo de avaliação.

Vamos ver então algumas delas?

1 – StatusCake

Não apenas monitora o Uptime do site, como calcula também o tempo de atividade do seu aplicativo web e/ou mobile. Ele permite, por exemplo, a apresentação relatórios sobre a velocidade das páginas enquanto um grande número de usuários acessa o site ao mesmo tempo.

Todavia, essa ferramenta monitora também o certificado SSL. O mais interessante é que o StatusCake é gratuito, mas o usuário pode optar por versões premium.

2 – Uptime Robot

É uma das ferramentas mais conhecidas para monitorar o Uptime. Ele permite acompanhar mais de um site simultaneamente e ainda gera uma página de status para todos os sites que estão sendo monitorados.

Contudo, o usuário pode contar com uma versão do Uptime que é gratuita, ou se preferir, pode obter uma versão paga.

3 – Insping

É possível utilizar essa ferramenta de forma gratuita e ainda assim aproveitar vários recursos interessantes. Ela é intuitiva e possibilita que o gerenciamento de conta possa ser feito por mais de um usuário.

Devido a essa característica, ele se torna uma boa alternativa para sites que são gerenciados por uma equipe. Também permite que o usuário possa escolher a localização do servidor de monitoramento por meio de uma solicitação para o suporte do Insping.

Apesar da sua ênfase ser o monitoramento de sites, a ferramenta possibilita ainda o monitoramento DNS e de portas personalizadas.

4 – Site24x7

Trata-se de uma ferramenta de monitoramento de Uptime criada pela empresa Zoho. O Site24x7 possibilita monitorar até cinco sites ou servidores.

Os monitoramentos podem ser feitos a partir de mais de 90 localizações e ainda apresentação notificações por e-mail, o que facilita manter o usuário atualizado.

5 – DownNotifier

Uma das vantagens dessa ferramenta é alertar o usuário sobre quando o site está fora do ar. Ele também é bastante intuitivo e para aproveitar as suas vantagens, o usuário necessita apenas acessar a página principal do DownNotifier.

Em seguida deve colar a sua URL na caixa adequada e assim optar pelo modo que deseja receber os alertas. As opções compreendem o recebimento via email ou SMS.

O DownNotifier atua escaneando o site em intervalos de 10 minutos, contudo, no serviço premium ele realizar monitoramentos a cada 60 segundos. Há inclusive um plano empresarial, mais robusto, que disponibiliza monitoramento ilimitado em tempo real.

6 – PingDom

Apresenta uma versão gratuita e outra paga. A versão grátis tem vantagens interessantes. Ele é intuitivo e ainda possibilita monitorar as atividades dos visitantes em tempo real. Desse modo ele calcula o tempo que as páginas demoram a carregar.

Inclusive, ele também possibilita calcular o tempo de carregamento do site em diferentes países. Outra vantagem dele é disponibilizar um aplicativo para a utilização em dispositivos móveis.

Da mesma forma, o PingDom também aponta quais são as páginas mais acessadas e a origem do tráfego. Caso ele detecte algum problema que está tornando o carregamento mais lento, o PingDom envia um relatório.

O Uptime é essencial para que um projeto online seja bem sucedido

Não é à toa que ele é um dos principais requisitos de avaliação para quem quer contratar um serviço de web hosting.

Além do mais, assegurar um Uptime eficiente é garantir mais tempo disponível online e maior satisfação dos usuários.

Portanto, contar com uma ferramenta capaz de monitorar o seu Uptime é uma forma de ficar atento para qualquer problema que possa interferir no desempenho do seu site.