Servidor dedicado ou servidor compartilhado?Entenda as diferenças

diferenças entre servidor compartilhado e servidor dedicado

Você gerencia um negócio e obviamente tem um site para assegurar a sua presença digital. Diante disso, surge a oportunidade de você utilizar o seu site para divulgar uma promoção ou alguma outra estratégia de marketing digital.

Será que o seu site vai estar preparado para suportar uma enorme quantidade de acessos? É aí que a qualidade do servidor faz toda a diferença para garantir que tudo corra bem e que nenhum usuário se depare com o alerta de que o seu site está offline.

Para saber mais sobre esse assunto tão importante no atual contexto, de digitalização dos negócios, confira nesse artigo os seguintes tópicos:

  • O que são os servidores?
  • Vale a pena ter um servidor compartilhado?
  • Entenda o que é e como funciona um servidor dedicado

O que são servidores?

Os servidores consistem em super computadores onde os dados dos sites passam a ser armazenados e disponibilizados na web.

Além disso, os servidores trabalham incessantemente, 24h com o objetivo de manter online os arquivos, fotos, posts, textos e links de um projeto web. Ou seja, se hoje em dia você acessa um site e ele carrega de forma rápida e sem problemas, um dos motivos é o servidor.

Atualmente é possível contar com diferentes tipos de servidores. As funcionalidades e os objetivos dele possuem relação com os objetivos do site.

Antes mesmo de criar o seu site você já pode antecipar qual será o tipo de servidor ideal. O seu projeto online é um portal de conteúdo atraindo vários acessos simultâneos? O site irá exigir elevado processamento e memória do servidor?

Essas e mais algumas perguntinhas simples, porém essenciais, irão orientar você na hora de não errar na escolha do servidor perfeito.

Vale a pena ter um servidor compartilhado?

O termo “compartilhado” não aparece à toa na hora de definir esse tipo de servidor. Nessa modalidade, conforme o próprio nome aponta, vários (incluindo até mesmo centenas de sites) compartilham o mesmo ambiente.

Ele é bastante recomendado para quem gerencia pequenos sites institucionais, que não demandam muitos arquivos e normalmente contam com pouca quantidade de acessos.

Se você necessita de um espaço para inserir o seu portfólio na web, divulgar os serviços de sua empresa a possíveis clientes ou apenas gerenciar um blog de conteúdo próprio, o servidor compartilhado está aí para salvar o seu dia.

Preço bom, desempenho nem tanto

Entre os benefícios do servidor compartilhado, é importante destacar o baixo custo que ele proporciona. No entanto, é sempre bom salientar uma desvantagem: o desempenho dele não é lá dos melhores.

A culpa por esse desempenho baixo ocorre pelo fato de que cada site dentro do servidor apresentar uma cota de memória, de espaço em disco e de processamento.

Ao utilizar um servidor compartilhado, ainda que ele permaneça ocioso, o seu site jamais irá conseguir superar tais cotas de memória, pois é necessário assegurar os recursos para os outros sites quando eles forem exigidos.

Por essa razão, para projetos de pequeno e médio porte, o servidor compartilhado é recomendado e ainda possui um preço compatível. Entretanto, para sites mais robustos o ideal é apelar para um outro tipo de servidor.

Entenda o que é e como funciona um servidor dedicado

Para compreender melhor como funciona um servidor dedicado é importante ter uma palavra em mente: exclusividade. É essa palavrinha que diferencia um servidor compartilhado do servidor dedicado.

Se no compartilhado os recursos são divididos entre vários usuários, no dedicado o nome também já diz tudo: os recursos são destinados apenas para o seu proprietário. Graças a isso já é possível encontrar nele algumas vantagens.

Entre elas vale citar mais liberdade para instalar algum sistema ou outra aplicação sempre que considerar necessário. Ele também proporciona mais espaço para armazenamento, maior disponibilidade, segurança, bom desempenho e estabilidade.

Porém, por trás das vantagens é bom saber que o preço do servidor dedicado é muito mais elevado. Por isso ele é recomendado para projetos mais específicos, que realmente demandam recursos mais robustos.

Entre tais projetos estão blogs ou sites com muitos acessos e também lojas virtuais. Para esses empreendimentos online, o servidor dedicado representa um excelente custo e benefício. 

Saiba quando você precisa de um servidor dedicado

No entanto, é comum que muitos pequenos negócios, que iniciaram engatinhando e aos poucos começam a crescer, também passem a exigir as vantagens que um servidor dedicado proporciona.

Normalmente um site avisa que já está na hora de investir em um servidor com mais capacidade. Para você saber qual é esse momento, confira os indícios a seguir.

Aumento de acessos

A quantidade de acessos é uma das principais razões para o usuário ir para o lado dedicado da força.

De acordo com o aumento dos acessos é necessário adquirir mais recursos para impedir que ele fique fora do ar, resultando em prejuízo para você e irritação dos visitantes.

Diante da necessidade de assegurar uma boa Experiência de Usuário, vale investir em um servidor dedicado.

Mais recursos de segurança

Especialmente para sites que funcionam como lojas virtuais e realizam com frequência compras e vendas online, a questão da segurança deve ser uma das prioridades.

O servidor dedicado é eficiente no quesito segurança porque o usuário não vai necessitar dividir recursos com outros sites. Posto isso, todos os recursos para manter o seu site seguro estará exclusivo para você.

Além do mais, no servidor dedicado você tem condições de bloquear IPs de acordo com a sua necessidade.

Melhor performance com um servidor dedicado

Um servidor compartilhado aguenta o tranco quando o assunto são sites institucionais e blogs com poucos acessos, porém, assegurar um bom desempenho em aplicações que exigem mais recursos é uma missão para o servidor dedicado.

Páginas que demoram para carregar espantam usuários. Ainda que sejam ínfimos segundos de demora, acredite, para a maioria dos usuários dá a impressão que elas lavem uma eternidade.

Além disso, não custa lembrar que os algoritmos do Google dão prioridade para sites com carregamento rápido. É por esse motivo que garantir um bom desempenho está entre as práticas adequadas de SEO.

Caso você note lentidão na hora de abrir as páginas, considere uma alternativa viável a aquisição de um servidor dedicado.

Compartilhado ou Dedicado, qual levar para casa?

Em se tratando de projetos pequenos, o ideal é investir em um servidor compartilhado. Enquanto para sites que exigem maior performance e independência, a solução é o servidor dedicado.

Contudo, é claro que, no decorrer do caminho, conforme o seu negócio se desenvolva você poderá dar um upgrade e adquirir um servidor dedicado. Mas isso é para projetos muito exclusivos e que demandem muitos recursos.

Os valores de um servidor dedicado são bem variáveis e podem chegar próximos a R$ 800,00 ou a partir de U$ 79,00 em hosts fora do Brasil. Dependendo do seu projeto, esses valores são bem razoáveis em relação ao desempenho que a sua empresa terá.

O custo com certeza será mais elevado, mas a qualidade dos serviços que a sua empresa irá oferecer na web certamente será muito superior. Portanto, essas são as diferenças entre servidor compartilhado e o dedicado. Os objetivos e as características do seu site irão determinar qual é o mais indicado para você no momento.